Relés de Proteção

Relés de Proteção

Produtos > Energia

A VISION oferece soluções únicas e completas para proteção e controle de sistemas elétricos de grande porte, de forma eficaz visando assegurar a estabilidade do sistema elétrico regional e/ou nacional, a fim de evitar grandes áreas de black-out (apagão) em caso de acidentes ou falhas na rede elétrica.

O sistema é composto de diversos dispositivos de controle em várias subestações (relés de proteção). Todos os dispositivos de controle são conectados uns aos outros através de canais de comunicação.

A VISION estabeleceu um sistema de três linhas de defesa (Three-defense-line) exclusivas para proteger o sistema elétrico contra o black-out. Este sistema melhora significativamente a estabilidade da rede elétrica.

reles de pretecao tree defense line

A primeira linha de defesa consiste em relés de proteção rápidos e precisos que garantem que a falha seja rapidamente eliminada para manter a estabilidade do sistema.

A segunda linha de defesa é o controle de emergência para falhas graves. Se surge o desequilíbrio entre geração e carga, a proteção irá tomar algumas medidas, como o desligamento do gerador ou o descarte de cargas, para garantir a estabilidade do sistema.

Enquanto a estabilidade do sistema de energia é afetada após a falha, o sistema de controle de estabilidade (SPCS) da VISION irá calcular o fluxo de energia e gerar estratégias de controle correspondente. Em seguida, os comandos de controle são enviados ao dispositivo de execução para gerar ações que mantenham a estabilidade do sistema.

A terceira linha de defesa é o controle corretivo local, tais como out-of-step e de descarte de cargas para contingências extremamente graves. Se a segunda linha de defesa não resgatar a estabilidade, a terceira linha vai operar para evitar o colapso e minimizar a perda de carga.

Three Defense Line

Vantagens

  • Tempo de operação total menor que 90ms;
  • Processo demorado no estado estacionário & processo transitório rápido;
  • Controle de Estabilidade em tempo real;
  • Detecção do estado de operação de linhas de saída, transformadores e geradores;
  • De acordo com o fluxo de carga e o tipo de falta, calcula a estratégia de controle otimizada;
  • Determina quais medidas devem ser tomadas: desligamento de geradores, descarte de cargas, etc.